Celebra-se hoje no mundo inteiro o Dia Mundial contra o Trabalho infantil, com uma referência particular à exploração das crianças no trabalho doméstico: um triste fenómeno em constante crescimento, sobretudo nos países pobres. São milhões os menores, sobretudo de sexo feminino, vítimas desta forma escondida de exploração que comporta muitas vezes abusos, maustratos e descriminações. Uma verdadeira escravatura!
Desejo vivamente que a Comunidade internacional possa começar a tomar medidas ainda mais eficazes para enfrentar esta autentica praga. Todas as crianças devem poder brincar, estudar, rezar e crescer nas prórias famílias, e isto num contexto harmónico, de amor e serenidade. Têm direito a isso e este é um nosso dever. Muitas pessoas em vez de as permitir brincar, fazem delas escravas: isto é uma praga. Uma infância serena pemite às crianças olhar com confiança para o futuro. Ai de quem sufoca nelas o ímpeto alegre da esperança! – disse o Papa na audiência geral desta quarta-feira.

Deixe um comentario

Categories