A abertura das conferências quaresmais 2011 na Paróquia Nossa Senhora da Graça, na Praia, deu-se esta 5ªfeira, 10.  A “Natureza Evangelizadora da Igreja” foi o tema da palestra que o Pe. Angelino Coelho, actual pároco de Sta. Catarina no interior de Santiago, veio proferir.

Centro Paroquial N.Sra Graça repleta para a 1ªconferência

Na abertura oficial das conferências quaresmais de 2011,o Pe. João Augusto Martins, justificou a escolha do tema deste ano “Evangelização, Dever de todos os cristãos”, com a necessidade de estar em sintonia com a Diocese, de Santiago, através do lema proposto pelo seu Bispo, que por sua vez responde a preocupação do Papa Bento XVI.

Neste sentido, o Pe. João Augusto, Pároco de Nossa Senhora da Graça, realça o papel da Igreja em Cabo Verde, onde se implantou “a mais antiga Diocese na África subsaariana”- refere.

À conferência inaugural deste ano ocorreu uma imensidão de gente, e o salão paroquial foi pequeno para acolher tanta gente jovem, adulta, fiéis leigios e consagrados que responderam ao convite dos organizadores para  vivenciar e partilhar este momento singular a abrir o tempo de Quaresma.

A assistência que chegou de todas as paróquias da capital, mostrou que é preciso parar, de vez em quando, “para reflectir sobre a importância e a necessidade da evangelização nos dias de hoje, e encará-la como a missão de todos os cristãos” – acrescenta o pároco.

A preocupação geral é saber o que é preciso fazer para evangelizar o mundo e essas zonas principalmente, mostrando um novo ardor, método e uma nova expressão através daquilo que o Papa João Paulo II chamou de ‘Nova – Evangelização’.

Pe. Angelino Coelho - o 1º conferencista

O mandato de Cristo no Evangelho de São Mateus, “Ide por todo o mundo e anunciai o evangelho” (Mt. 28, 19-21) serviu de mote ao Pe Angelino, para ajudar a assembleia presente a recair sobre o tema proposto.

Por um lado, visualizar “a pessoa de Jesus Cristo enquanto enviado do Pai para a salvação do mundo, a dimensão universal da sua missão e o anúncio do Reino de Deus como horizonte panorâmico da sua acção” e, por outro, acrescentou o orador,  “falar da Igreja como sacramento de Jesus Cristo, continuadora da sua missão salvífica sob o impulso do Espírito de Deus, enviada e testemunhar o Amor de Deus (a servir o homem), revelando-lhe o Amor de Deus manifestado em Jesus Cristo”.

Nesta sessão Jesus Cristo  foi caracterizado, por este 1º conferencista, como “a fonte e raiz da identidade e da missão cristã” porque Ele, acrescenta Pe. Angelino, é “o primeiro e o maior evangelizador” e a “Boa Nova de Deus aos homens”.

Painel com destaque do 1º tema

A Natureza evangelizadora da Igreja -1º tema

Como evangelizador, Cristo anuncia em primeiro lugar um reino, o reino de Deus, de tal maneira importante que, em comparação com ele, tudo o mais passa a ser “o resto”, que é “dado por acréscimo” – esclarece sua ideia.

Na hora do debate preenchida por intervenção de vários participantes, cada qual com a sua dúvida e inquietação, o Pe. Angelino alertou que “um dos caminhos para que cada cristão possa evangelizar sem receios é o bom conhecimento da sua religião” porque caso contrário, acrescenta o antigo pároco da capital do país, “fica fácil outra ceita qualquer chegar e ‘virar a cabeça’ de quem não sabe bem no que crê”.

No final, e antes de fazer a viagem de regresso a cidade de Assomada, o 1º convidado destas sessões de conferencias da Nossa Sra. da Graça concluiu para o público presente que “é fundamental tomar consciência de que toda a Igreja, e nela cada baptizado ou baptizada, é o sujeito da missão, pois, toda a Igreja é por sua natureza missionária”.

Tema para a segunda semana

E porque, de acordo com Pe. Angelino Coelho, o sinal de fidelidade e de autenticidade da missão evangélica da Igreja passa também pela defesa dos direitos humanos e da dignidade da pessoa, “é preciso, pois, proclamar corajosamente a necessidade de libertação da pessoa humana, a fim de que se possa superar a situação de injustiça que exclui cada vez mais pessoas do acesso aos bens indispensáveis a uma vida digna.”

Entre os participantes havia uma unânime opinião de que a sessão, em cujos cânticos foram entoados pelo grupo coral de Safende, poderia ter sido um pouco mais longa, dando oportunidade a mais participações e maior reflexão e partilha sobre o tema. Contudo a bênção do Pe. João Augusto, um dos anfitriões do encontro, recordou a todos que este é apenas o começo e que haverá mais temas a espera ao longo das próximas cinco semanas.

Programa da Conferência Quaresmal

Lema: “Evangelização, dever de todos os cristãos”.

10 de Março de 2011 – Quinta-Feira
Tema 1 – Natureza evangelizadora da Igreja
• A Missão de Cristo
• O Mandato de Cristo: “Ide … e ensinai ..” (Mt 28, 19-20)
Orador: Pe Angelino Coelho – Pároco de Santa Catarina de Santiago

17 de Março de 2011 – Quinta-Feira
Tema 2 – A história da evangelização

• Dos primórdios à actualidade
• Novos desafios

Orador: Pe José Eduardo Afonso – Pároco de Nossa Senhora da Conceição – S. Filipe. Ilha do Fogo

24 de Março de 2011 – Quinta-Feira
Tema 3 – O mundo de hoje e a evangelização

• O progresso e a evangelização
• O mundo necessitando de redenção

Orador: Pe Isaías Gonçalves – Vigário Paroquial de Santa a, Ilha de Santiago

31 de Março de 2011 – Quinta-Feira
Tema 4 – A vivência eclesial nos diversos continentes

• Fronteiras actuais da evangelização

Orador: Pe João Baptista de Barros – Superior dos Missionários Espiritanos – Cabo Verde

7 de Abril de 2011 – Quinta-Feira
Tema 5 – Evangelização e Ecumenismo

• A unidade dos cristãos
• A Igreja e as seitas/desafios pastorais

Orador: Pe. Paulo Borges – Pároco da Paróquia de Santa Isabel – Boa Vista

14 de Abril de 2011 – Quinta-Feira
Tema 6- A pastoral paroquial e a evangelização

• Celebração dos sacramentos
• Catequese
• Grupos/movimentos do apostolado

Orador: Dom Arlindo Furtado – Bispo da Diocese de Santiago
PARTICIPE !

2 Responses to “Paróquia de Nossa Senhora da Graça inicia Conferências Quaresmais”

  • Mª de Fátima Sanches:

    AS conferências Quaresmais estão sendo espaços importantes de aprendizagem, de reflexão, de partlha e sobretudo de amadurecimento da fé cristã. È bom saber que outras Paróquias já estão a seguir o exemplo da Paróquia de N. S. da Graça.
    Aproveitemos o máximo esta catequeze massiva neste tempo Litúrgico em que nos é chamado a repensar e a viver a nossa missão de Baptizados.
    O ex-Pároco de N. Senhora da Graça,Pe. Angelino Coelho, na 1ª Conferência deste ano,apelou a todos os cristãos a não serem apenas colaboradores mas coresponsáveis na evangelização.
    Esperemos que a mensagem nos ajude a ser fiéis à nossa missão.

  • Luis Santos:

    As conferencias quaresmais tem sido muito importante e um facto indispensável para a nossa sociedade em que vivemos hoje. É pena que a CS não de a devida cobertura a esses espaços de reflecção e de partilha, transmitendos valores que estão a perder na nossa sociedade. Acho que a igreja deveria estar mais perto das média, e fazer com que ela se desempenha um papel mais relevante nas transmissões dos valores, e tentar inverter a situação. Se reparamos as notícias malignas são divulgadas com toda a força, cheio de enfase e sempre são manchetes, e as boas às vezes nem se dão por isso.

Deixe um comentario

Categories