escola de vida, de amor e de fé

O dia 15 de Maio é dedicado, a nível internacional, à Família. Neste âmbito, o Secretariado Diocesano da Família da Diocese de Santiago de Cabo Verde organizou, para este dia, uma eucaristia para celebrar o dia. A celebração presidida pelo Bispo Dom Arlindo Furtado teve lugar na Igreja de Nossa senhora da Graça e juntou famílias das quatro paróquias da Cidade da Praia (Nossa Senhora da Graça, Nossa Senhora do Socorro, Imaculada Conceição e São Filipe Apóstolo). Um momento para pedir a bênção do Senhor para as famílias, e onde centenas de pessoas que encheram a catedral reflectiram sobre a condição de família cristã.

O grupo Coral que animou a eucaristia entoou canções inspiradoras e apropriadas para o dia, músicas que levaram as pessoas a interiorizarem mensagens alusivas à família. As leituras do dia foram o ponto de partida para momentos de reflexão sobre a família cristã. No Evangelho, Jesus dizia, “Eu vou regressar para Aquele que me enviou” e aproveitando essa referência Dom Arlindo Furtado mostrou que as famílias devem são de certa forma, uma imagem da ´comunidade divina´Pai, Filho e Espírito Santo e devem voltar-se para Deus que criou o ser humano à sua imagem e semelhança. Dom Arlindo acrescentou ainda que a família é escola de vida, de amor e, para nós enquanto cristãos no mundo, é escola de fé.

O bispo da Diocese de Santiago chamou a atenção para a qualidade da relação interpessoal no seio familiar pois “a qualidade da relação é que dignifica e cria condições para as pessoas se sentirem bem e fazerem crescer esse clima de bem-estar a partir do relacionamento equilibrado. Tudo o resto está ao serviço da pessoa, Mas o que de facto caracteriza a felicidade das pessoas é a qualidade do relacionamento ”.

Para o pastor da Igreja Particular de Santiago, ter uma relação de qualidade na família é uma missão que exige sacrifícios, porque é preciso que cada membro, tanto o pai e a mãe (o esposo, a esposa)  como os filhos (irmãos), devem dar o seu contributo para o bem-estar e a unidade da família, o que nem sempre é fácil. Mas Dom Arlindo assegura que Deus está sempre presente para ajudar.

“Quando menos esperamos, Deus dá-nos sinal da sua presença. Ele está sempre na família para ajudar, por isso devemos ter coragem, força porque Ele confia em nós e nos dá capacidade na missão de ter uma relação humana de qualidade. Assim também devemos contar com Deus no cumprimento desta missão no nosso relacionamento com os outros e também na nossa relação com o próprio Deus, que é a origem de tudo para o qual caminhamos”.

 Uma eucaristia marcante e que agradou as dezenas de famílias que puderam participar.

DS

Deixe um comentario

Categories