Dom Arlindo indica valores para uma família estável e equilibrada

O bispo da Diocese de Santiago, Dom Arlindo Furtado, afirmou esta sexta-feira, que a família cabo-verdiana está no limiar do desequilíbrio e da instabilidade e apelou a uma “conjugação de vozes” para evitar a autodestruição da sociedade cabo-verdiana. 

Dom Arlindo Furtado, que falava à Inforpress depois de ter celebrado a missa da Sagrada Família na Paróquia de Nossa Senhora de Socorro, salientou que toda a onda da violência juvenil que grassa pelo país e sobretudo na Cidade da Praia é fruto da desestruturação familiar.

“A família está desestruturada e fragmentada. Ou falta a figura paterna ou a presença do pai é algo negativo por causa do álcool, do desemprego, das brigas, da violência física ou verbal. E toda a vida da família tensa provoca nas crianças uma carga de insegurança que depois vai provocar todo o processo de violência, porque não tiveram o amor e o carinho que mereciam”, explicou.

“Uma pessoa que não recebe amor e que não dá amor é uma pessoa que se autodestrói, que se envenena e se torna um perigo social porque é capaz de destruir a facilidade de outros”, alertou. Por isso mesmo, o bispo de Santiago quer que, no novo ano, as famílias cabo-verdianas cultivem a bondade, a paciência, a mansidão, a humildade e simplicidade, o amor gratuito e a capacidade de reconciliação.

“São virtudes divinas com certeza, mas que Deus compartilhou connosco. E é cultivando essas virtudes que nós reporemos as coisas no seu devido lugar e reestabelecemos o nível de relações humanas que nos permitem a nós e àqueles que estão connosco a serem felizes a sentirem-se amados e a aprender também a receber e dar as coisas que nos fazem bem a todos”, sublinhou.
Dom Arlindo adiantou que o processo da fragmentação porque passa a família cabo-verdiana é um problema da Igreja sim, mas é sobretudo um problema da sociedade, pelo defendeu que todos devem contribuir para a sua estabilização.

“Nós os adultos, responsáveis, conscientes da nossa responsabilidade nesta sociedade, devemos não só dar o contributo para que a nossa família seja mais estabilizada como também servimo-nos de referência para os outros e sobretudo para as crianças compreenderem que isto é mesmo bom e necessário”, exortou garantindo que Igreja Católica continuará a fazer “tudo” para uma convivência sã.

O prelado desejou também que as famílias sejam constituídas com a perspectiva de estabilidade, com sentido de responsabilidade e num clima de amor mútuo e doação e apelou aos casais em Cabo Verde que procurem estar mais juntos.  “Há uma grande dispersão. Os homens tendem a viver e a passar muito tempo com os amigos deixando as mulheres em casa com os filhos e com as amigas. Há momentos para isto com certeza, mas o marido e a mulher devem estar juntos o máximo possível. Para a felicidade própria, mas também para servirem de referência e exemplo aos filhos e aos jovens”, augurou.

MJB

Inforpress/Fim

2 Responses to “Família cabo-verdiana está no limiar do desequilíbrio e da instabilidade, diz Dom Arlindo”

  • Maria de Fátima Sanches:

    Já estava a estranhar não ver nenhuma informação sobre esta grande Celebração Eucarística no nosso Site.
    Foi pena não ser transmitida em directo na Comunicação Social. Penso que as nossas familias ganhariam muito.
    Vitaminas Espirituais como estas deveriam ser aproveitadas de todas as formas possíveis.
    Contudo, se cada membro de famíla presente, na Celebração, decidir aceitar as propostas de Jesus Cristo para as famílias, transmitidas pelo nosso Bispo, nesse dia, e compartilhar com os familiares, vizinhos e amigos lançaremos de certeza sementes muito fecundas para a mudança comportamental no seio das familias Cabo-verdianas.
    Eu senti nesse dia que as familias estão sedentas
    de algo que lhes ajudem a cumprir a sua obrigação.
    Isso era bem visivel no número de familias presentes e na forma como a Eucaristia foi vivida.
    Que venham mais em pról das familias, que tanto precisam.
    Fatima Sanches

    • admin:

      Registamos aqui este desafio pra gravarmos Celebrações como essas e partilhar com todos através do nosso site. Chegamos a gravar, mas notamos que , infelizmente, não tinha qualidade suficiente pra ser colocado no site.

Leave a Reply for admin

Categories