No primeiro Domingo de Outubro, como é oficial, dá-se na Diocese de Santiago, a abertura oficial do Novo Ano Pastoral, com a realização de celebrações eucarísticas em todas as paróquias desta Diocese, para assinalar o início do ano pastoral 2014/ 2015.

Lembra-se que no ano passado, a Diocese traçou para, até 2015, seis áreas prioritárias, que devem orientar o trabalho pastoral: a família, a pastoral social, a pastoral universitária, a comunicação e as periferias. Assim sendo, este ano é dar continuidade ao trabalho para que os desafios traçados sejam alcançados

Sobre o Ano Pastoral 2013/ 2014, o bispo da Diocese de Santiago, Dom Arlindo Furtado, que sempre tem procurado acompanhar e inteirar-se daquilo que se faz nas comunidades, acredita que “ a dinâmica foi razoável, senão boa onde os padres foram muito ativos. A emergência e a consolidação do envolvimento dos leigos e dos movimentos na vida pastoral das comunidades paróquias estão mais dinâmicos em todos os sentidos. Há um crescimento também da Igreja, há um despertar pelo menos”.

Para este as expetativas são boas e Dom Arlindo apela que é preciso continuarmos a trabalhar unidos seguindo as orientações que o Papa nos apresenta e que também, é a opção da Diocese, que é a proximidade, o diálogo, a formação, o envolvimento de todas e a aberturas de portas e janelas para que todos possam ter acesso facilitado à Igreja.

“É preciso fazer tudo para facilitar o auxílio que a Igreja possa dar a todos para que possamos viver a nossa fé com alegria, com entusiamo e com muita generosidade, no sentido de que aquilo que recebemos, possamos transmiti-lo a todos para a salvação daqueles que Cristo veio salvar e que são todos sem exceção” apela Dom Arlindo Furtado.

A todos um excelente Ano Pastoral 2014/2015, cheio de realizações e bênçãos!

Deixe um comentario

Categories