17 de Agosto de 2014. Data memorável para os Picos. Foi em meio a finas gotas de chuva que decorreu a primeira missa do Pe. Lisito, o primeiro padre dessa paróquia.  Sem a presença do pároco, Pe. Adérito, a comunidade organizou bem a celebração, com muito esmero e carinho, manifestado nos dísticos colocados perto do presbitério, no empenho em colaborar para tudo dar certo nesse grande dia de alegria e festa na comunidade cristã.  Além de tudo, era o dia da Primeira Missa Nova de um padre dessa localidade. Cerca das 10.40hrs, ao som de «ó Nhor Dés forti sabi é casa Nhó», teve início a procissão da Missa campal, se bem que a Igreja estava com dezenas de pessoas.

Muitos acólitos a o serviço da liturgia e dois sacerdotes acompanharam o Padre Lizito. Na homilia ele falou com simplicidade do seu percurso vocacional e da mensagem da liturgia, advertindo que o seu bispo o tinha aconselhado a «falar pouco».

PERCURSO VOCACIONAL

O «padre novo» começou por dizer que era o mesmo jovem que cresceu na comunidade como tantos outros, lembrou a experiência de infância, dos jogos e a passagem pela ´comunidade Nazaré´ em Assomada, sob orientação do Pe. Paulo Vaz,  e que foi caminho para a experiência de dois anos num mosteiro cisterciense em Espanha, para a formação monástica espiritual e a entrada no seminário para os estudos de Filosofia e Teologia. Esta última etapa já pertencente à diocese de Jaca a que está incardinado.

lisitoord 3LITURGIA

Com clareza abordou o tema da liturgia do Domingo desafiando os cristãos ao acolhimento do «outro» que é diferente, estrangeiro, com «simples gestos de convidar para entrar em casa, descansar um pouco e dar um copo de água». Fez um convite a experimentarmos a Igreja como povo diversificado e redimido por Jesus que a todos acolhe.

No fim da Missa, foram lidas mensagens por parte de representantes da Acção Católica e dos paroquianos em geral.

O grupo coral, bem preparado para a Liturgia, também animou o ambiente a seguir à Missa, enquanto o padre recebia cumprimentos dos paroquianos.Visível a alegria dos pais e familiares do Lizito, que tem um primo sacerdote ordenado no mês de Março pp.

Um almoço de confraternização foi servido na residência da Família, que abriu as portas a crianças, jovens e adultos.

SAUDAÇÃO DO BISPO DA DIOCESE

Durante o almoço apareceu o Bispo da Diocese, Dom Arlindo Furtado, que foi apresentar felicitações ao Padre Lizito e sua família. À saída, e depois de uma música entoada por elementos do coro paroquial, Dom Arlindo disse em jeito de votos e desafio, que na senda do P. Lizito muitos outros jovens dos Picos iriam seguir o caminhos do sacerdócio. Os Anjos digam Amen.lisitoord 4

Padre LIZITO, no dia da sua ordenação

PZB

Deixe um comentario

Categories