convite final FORUM FAMILIA 2014 for familia 7 Tanto a organização como os participantes deram nota positiva ao II Fórum Diocesano da Família que decorreu de 10 a 20 de Julho, em santa Catarina. “Foi um acontecimento muito positivo, que ultrapassou as nossas expetativas”, afirma o casal coordenador do Secretariado Diocesano da Família – SDF, José Maria Barreto e Filomena Moreira.

Sob o lema “Família, Projecto de Amor em Construção”, durante os três dias, foram apresentados e debatidos vários temas, designadamente, a Encíclica do Papa Francisco “ A alegria do Evangelho”, A Dignidade da Pessoa Humana e a Sexualidade, Paternidade Responsável e Planeamento Familiar e o Sacramento do matrimónio, Caminho para a Santidade. Reflexões que vão servir para reforçarem a vida das famílias presentes.

“É preciso cultivar um bom relacionamento, sabemos que a grande dificuldade que a família vive é a falta de um bom relacionamento. Um relacionamento baseado no amor, no perdão, na paz, na compreensão, no serviço e na partilha, foram estas as orientações que ficaram e sobretudo viver no amor de Deus porque quando se vive com base no amor de Deus, tudo dará certo e teremos uma vivência mais feliz e mais autêntica”, Filomena Moreira.

Outro aspeto de louvar foi a abordagem com profundidade dos temas expostos pelos conferencistas e que foi complementado com trabalhos práticos de grupos e a plenária. De destacar também os importantes momentos de “muito diálogo e participação” dos presentes, que colocaram questões, dúvidas, propostas, críticas e sugestões.

“Foi um momento de reflexão onde colocamos tudo o que deve ser a nossa vida familiar em cima da mesa onde para ser discutida. Saímos deste Fórum de Família com a convicção de que o que vivemos é um aspeto muito positivo para a nossa vida, na nossa família e na nossa sociedade”, diz o participante Gilberto Silva, acompanhado pela esposa que partilha da mesma opinião.

Como não podia deixar de ser, no Fórum houve momentos de oração e de profunda intimidade com Deus, de partilha, de descontração vividos intensamente pelos participantes. Estes “registaram com apreço, carinho e agradecimentos, não só a pertinência dos temas debatidos, mas, sobretudo, a oportunidade de intercâmbio e troca de experiências com outras famílias participantes no Fórum, bem como com as famílias que as acolheram em suas casas, permitindo-lhes construir novas amizades e passar um fim-de-semana bem diferente”.

Como resultado de três dias de reflexão com o foco na família, a Pastoral da Família recolheu vários subsídios que vão contribuir para melhorar as atividades do SDF nos próximos tempos.

Ficou patente a necessidade de dar mais formação para os responsáveis do Secretariado da Família a nível das paróquias em particular e das famílias em geral, sobretudo, no que tange ao conhecimento dos documentos da Doutrina da Igreja (Encíclicas do Papa). Conclui-se, também, que é preciso fazer estudo e divulgar temas relacionados com a sexualidade, o Planeamento Familiar e a educação dos filhos, bem como a necessidade de uma reflexão sobre a uniformização de procedimentos relativamente a alguns Sacramentos (Batismo e Matrimónio) e mais atenção às famílias com mais necessidades quer matérias, quer espirituais, entre outros.

18 paróquias presentes

Participaram no II Fórum Diocesano da Família um total de 178 pessoas (casais, solteiros e casais em união de facto) de 18 paróquias da Diocese de Santiago, ficando de fora as quatro paróquias da ilha do Fogo e a Paróquia de São João Batista, da ilha de Santiago.

“Mais uma vez a participação ultrapassou as nossas expetativas e de um modo geral, os participantes, gostaram deste encontro e deram nota “muita positiva” ao nosso evento, solicitando e reiterando que encontros do género devem ser promovidos mais vezes”, conta Filomena Moreira.

Solidariedade de famílias e empresas

Para além dos esforços dos membros do SDF e das Paróquias de Santa Catarina e de Nossa Senhora de Fatima, que não pouparam esforços para a concretização desse evento, é de louvar a boa vontade, a solidariedade das várias famílias de Santa Catarina que abriram as portas das sua casas para acolher as famílias vindas de outras Paróquias.

O II Fórum também contou com o envolvimento de algumas empresas, que de uma forma ou outra deram o seu contributo para o sucesso do evento. À Adega SA, Enacol, Câmara Municipal de Santa Catarina, Câmara Municipal da Praia, Diocesana Center, Tecnicil Industria, Girasol Tours Lda e Ministério da Juventude e Família, O SDF agradece pelo apoio dispensado.

“De modo gera e em jeito de balanço, diríamos que a experiência foi muito positiva e gratificante para o SDF, com ligeiros pontos menos bons, que com a experiência prometemos limar, para o bem e felicidade das nossas famílias”, conclui o casal coordenador do SDF.

One Response to “II Fórum Diocesano da Família ultrapassou as expectativas”

  • Gilbert Silva:

    Gostaria de deixar aqui o meu apreço às paroquias de Santa Catarina e Nossa Sra de Fátima e as famílias pelo acolhimento e a amizade demonstrados durante esse fórum. Como disse durante os debates, a semelhança da Enciclica do Papa Francisco “A alegria do Evangelho”, devemos viver a Alegria do Matrimonio e assim consolidar cada vez mais essa instituição tão querida por Deus.

Deixe um comentario

Categories