A tomada de posse do Novo Bispo é um evento anunciado por alguns outdoors na cidade de Mindelo

Dom Ildo Fortes entra solenemente na sua diocese amanhã, dia 9. A azáfama que a preparação do  seu acolhimento impôs está quase a chegar ao fim, mas ainda pode-se perceber que faltam alguns detalhes para que tudo “dê certo, como vai dar, pois houve um grande empenho de pessoas e instituições para uma digna preparação deste acontecimento”- assegura o presidente da Comissão Central, o Padre Lino Paulino, pároco de Nossa Senhora da Luz.

As duas paróquias da Ilha juntaram energias e mobilizaram o empenho de todos e a esta altura. A Organização, apesar das limitações de recursos logísticos e fuinanceiros, sente-se satisfeita e elogia “a grande participação e o empenho de muita gente” para que Dom Ildo, o novo Pastor de Mindelo, fosse dignamente acolhido.  A grande tristeza é não ter concluido mínimamente alguns aspectos da remodelação da Pro-catredral onde o Bispo irá tomar posse canónica. ” Sentimos que foi por falta de dinheiro que não foi possível ter a cobertura e alguns detalhes da Igreja do Bispo”- diz o padre Adriano, vigário paroquial na paróquia de S. Vicente e na de Nossa Senhora da Luz.

Ordenado no passado Domingo, 3 de Abril, na Igreja do Mosteiro de S. Vicente de Fora, em Lisboa, pelo Cardeal Patriarca de Lisboa, Dom José Policarpo, Dom Ildo contou com a oração da Diocese que ele servir como missionário deste 2005, com a amizade e o apoio da Igreja de Lisboa e de Cabo Verde em geral. Na verdade foi marcante a efectiva  participação de  Cabo Verde na celebração do Domingo passado que mereceu o elogio de quantos, dentro e fora do país,  a seguiram pela televisão e pela Rádio Nova, Emissora cristã de Cabo Verde.

Recorde-se que Dom José, Bispo sagrante, contou com D. Arlindo Furtado, Bispo da Diocese de Santiago de Cabo Verde e D. Manuel Clemente,  Bispo do Porto, como consagrantes de Dom Ildo numa Igreja lotada de fiéis portugueses e caboverdianos. Uma ocasião onde a unidade não era apenas ‘discurso’ mas realidade visível.

Idas e vindas e mais iniciativas

Idas e vindas ao aeroporto, distribuição de cartazes e dísticos, acolhimento dos visitantes na nas casas das famílias ou no Centro paroquial, detalhes a transmissão desse evento pela Rádio de Cabo Verde, ensaios de cânticos para a liturgia, tudo isso indica a proximidade do grande dia cuidadosamente preparado pela Comissão central e todas as subcomissões. Um grande coral de mais de 50 pessoas e muitos instrumentistas ensaiaram ontem o “Hino de Dom Ildo”, que foi ontem gravado por um pequeno grupo de que fazia parte o autor do hino. No ensaio podia-se imaginar o som do grande coro dom povo nos próximos dias em Mindelo. A Rádio Nova começou a divulgar o hino que Padre Adriano está a envidar esforços para que na Igreja possa ser difundido através de altifalantes de modo que as pessoas o escutem enquanto passam pela Igreja e imediações e vão à procura de t-shirts, pulseiras, pagelas etc.

Padres de Cabo Verde, Guiné Bissau e de Portugal que vieram para a tomada de posse de Dom Ildo

Sinal de unidade e expressão de solidariedade

Ontem, dia 7, chegaram 3 padres de Santiago e hoje espera-se a chegada de mais sacerdotes  de Santiago, do vigário Geral de Bafatá e do Bispo de Bissau , Dom José Camnate, cuja presença em grandes actos eclesiais em Cabo Verde tem sido constante. Representantes da África homenageiam o novo Prelado de Mindelo e sua presença revela a unidade da Igreja nessa Região.

Diga-se, de passagem, que além das razões de carácter eclesial, as dioceses da Costa ocidental africana sintonizam-se com a Igreja em Cabo Verde  –  a primeira erigida em África –  por serem de algum modo, ‘filhas’ da Diocese de Cabo Verde pois foram desmembrados da então Diocese de Santiago de Cabo Verde criada em 1533.

Apesar do tempo litúrgico (a Quaresma) que requer mais presença dos padres nas paróquias ao fim de semana, e da crise económica, pode-se considerar razoável a participação nesse grande acto do acolhimento de Dom Ildo. Padres de Portugal e mais alguns de Santiago estão para chegar a Mindelo.

Programas de Rádio, Campanha de oração e…

Para a entrada solene de Dom Ildo, um programa radiofónico sobre a missão do Bispo foi  concebido e apresentado pelo Padre Adriano na Rádio Nova , às 5ª feiras às 11,15  com reposição sábado às 15 horas. O padre Adriano espera ainda continuá-lo até à próxima semana.

A nível de oração, a Organização programou para o dia 8 às 19h, o fim da “corrente de oração” pelo novo Bispo.

Cartazes, dísticos e pagelas são alguns meios de divulgação desse evento eclesial, sendo de destacar  que pela primeira vez a Igreja Católica tem outdoors em 3 Outdoors em S. Vicente e 1 em Santo Antão.

Enquanto escrevo estas linhas, posso escutar sons de cânticos entoado por um grupo que parece grande e animado nas imediações do Centro Bom Pastor onde residem os padres e vão ser acolhidos alguns convidados.

 
 

Igreja Nossa Senhora da Luz

AGENDA:

 

Chegada  de Dom Ildo na ilha do Sal, sexta, dia 8.
Tomada de posse: Sábado, dia 9, às 17/30, na Pró-Catedral, Igreja Matriz de Nossa Senhora da Luz.
A Comissao central informa que a chegada a S. Vicente está prevista às 17h no Aeroporto de S. Pedro, onde será recebido por um grupo de pessoas e entidades; em seguida fará o percurso aeroporto praça D. Luis acompanhado dos guardas militares e polícias de trânsito. Pelas 17h30 está previsto chegar na Praça D. Luís, onde será jubilosamente recebido por uma multidão de fiéis diocesanos e povo sanvicentino. O Bispo de Mindelo, D. Ildo Fortes dirigirá umas palavras de saudação ao povo ali presente.

Em seguida, pelas 18h30 será tomada de posse canónica na Igreja Pró-catedral de Nossa Senhora da Luz, que será conforme manda o Código do Direito Canónico, nº 382.

Primeira Missa. Domingo, dia 10, às 10 horas na Praça Dom Luís, Cidade do Mindelo. “Será a primeira missa que D. Ildo presidirá como Bispo, para os fiéis da Diocese de Mindelo. A Eucaristia constitui o centro da vida e missão do Bispo”- Lê-se no comunicado de imprensa da Comissão central, que informa nessa Missa ” participarão todos os convidados anteriormente mencionados e milhares de fiéis leigos de todas as ilhas da Diocese e do País. Será, indubitavelmente, uma celebração inesquecível pela participação activa dos fiéis e pela sua beleza própria. No final da missa haverá algumas intervenções, sendo certa a de D. Arlindo Furtado que amanhã, dia 9, cessa a sua missão enquanto Administrador Apostólico de Mindelo.

Assim se prepara para virar página numa diocese que depois da transferência de Dom Arlindo para a Praia, esperou quase dois anos para ter o seu Bispo, o terceiro de Cabo Verde.

Que o ” Espírito do Senhor continue a soprar por estas ilhas “, disse a propósito da entrada de Dom Ildo o  sr. Filomeno Tavares, um fiel leigo empenhado na paró quia de S. Filipe. “Amen” respondemos e acrescentamos : “que Ele continue a soprar sobre o Bispo Dom Ildo”. Seja bem-vindo, Dom Ildo Fortes.

Padre Zé Álvaro Borja (PZAB)

3 Responses to “Últimos dados sobre a tomada de posse e a Missa solene de Dom Ildo”

  • Fátima Costa:

    As Irmãs Adoradoras, presentes no Mindelo desde 2009, e todas as demais Irmãs, desde Portugal, manifestam o seu carinho a D. Ildo Fortes, dando-lhe as Boas Vindas como a seu Bispo e Pastor. Congratulam-se com ele por ser o ELEITO do Senhor para esta grande Missão e comprometem-se a ORAR por ele para que o Espírito do Senhor o acompanhe e oriente sempre em todos os seus trabalhos.
    OBRIGADA D. ILDO, por ter aceite este serviço á Igreja que tanto ama.

  • evanildo:

    a diocese de mindelo está de parabens, que Deus
    abençoe o seu bispo, e que o povo o ajude nesta nova caminhada, trabalhando juntamente na edificação da Igreja de Cristo.

  • admin:

    Foi um grande acontecimento para todos os Cabo Verdianos mas principlamente para os fieis da Diocese de Mindelo. Que o Espirito Santo ilumine a caminhada do nosso Bispo Dom Ildo, a quem desejo muitas felicidades, e a nossa joven diocese, que e jovem mas com uma grande Fe.

Deixe um comentario

Categories