Archive for the ‘liturgia’ Category

Apresentamos a seguir uma iniciativa do Pe. Rui Pedro, que está na Paróquia de N. Sra das Dores, Ilha do Sal, que  partilhou a ideia com Dom Ildo Fortes que, por sua vez, enviou a alguns padres. «Em Ano da Fé, temos procurado melhorar o acolhimento aos cristãos de outras origens presentes nas missas da paróquia, sobretudo, em Santa Maria, Sal», diz o Pe. Rui, que partilha este trabalho litúrgico que poderá interessar a outras paróquias. No sal, ele diz que tem lido o texto na celebração e afixado nos quadros das capelas para os turistas que visitam os templos.  A introdução vem em quatro linguas. Confira.  Votos de Santa Quaresma.

4º DOMINGO DA QUARESMA (ANO C) – 10 de março de 2012 

(Português)    A paz do Senhor esteja sempre convosco.

No Evangelho, Jesus apresenta-se como “a luz do mundo”; a sua missão é libertar os homens das trevas do egoísmo, das cegueiras da vida, como aconteceu com o cego de Siloé.

Paulo propõe aos cristãos de Éfeso que recusem viver à margem de Deus (“trevas”) e que escolham a “luz”. Viver na “luz” é praticar as obras de Deus: a bondade, a justiça e a caridade. Read the rest of this entry »

A vinda do Senhor: liturgia do 16º Domingo tempo Comum: 22 de Julho 2012

A missa crismal é uma celebração aguardada com muita expectativa na semana santa na cidade da Praia. Fiéis de várias comunidades da ilha de santiago se esforçam por vivenciar na pró catedral a realidade visível da Igreja diocesana em comunhão no dia da bênção dos óleos e da  renovação das promoessas sacerdotais. Muitos leigos vêm acompanhar os ´seus padres´ e testemunhar o seu apreço pelo serviço e dedicação à comunidade. Um lindo gesto que felizmente se repete a cada ano.

Dom Arlindo, presidiu à missa crismal concelebrada por todos os sacerdotes da ilha de santiago, que este ano contou com a presença de quatro diáconos ordenados em Dezembro passado. A Igreja estava repleta de fiéis leigos, alegres por esse significativo momento da igreja diocesana à volta do Bispo diocesano. Sendo a diocese formada por ilhas, fica sempre a lacuna de alguns padres não poderem estar presentes para a Missa que dá visibilidade à comunhão da Igreja diocesana.

A seguir à missa Crismal todos os padres, epresentantes dos Institutos religiosos e leigos mais empenhados na pastoral diocesana foram ao Seminário de S. José onde, como todos os anos, foi oferecido um almoço de confraternização. O reitor do seminário, Pe. José Álvaro, ausente em Boston (EUA) pra celebrar a Páscoa com a comunidade caboverdiana, enviou através do Senhor Bispo, uma mensagem de união no Senhor e votos de feliz Páscoa a todos.

 Desta confraternização partem os obreiros da evangelização representados nas variadas vocações, fortalecidos pela graça de unidade da Igreja para celebrarem a partir desta tarde de quinta feira santa, o sagrado Tríduo Pascal.

PZB

 

 

 

 

Com objectivo de uma melhor preparação dos diversos agentes que colaboram nas celebrações litúrgicas, o Secretariado Paroquial de Liturgia da Paróquia de São Filipe Apóstolo, organizou, nos dias 31 de Janeiro e 01 de Fevereiro uma acção de formação destinada a todos os leitores, ministros extraordinários de comunhão, acólitos e membros do grupo coral (crianças, jovens e adultos) sobre liturgia.

Durante os dois dias foram tratados vários temas com a contextualização da liturgia, o espaço litúrgico-sagrado, a estrutura da missa e os objectos e panos sagrados. A iniciativa contou com dezenas de participante, teve como formador o Diácono Samuel da Costa, em estágio pastoral nesta Paróquia, e teve lugar na Capela de Achada São Filipe. Esta é a segunda acção de formação organizada por este secretariado, neste ano pastoral. A primeira foi a formação para leitores e salmistas que aconteceu no início do ano pastoral.

Os participantes consideraram a acção positiva e alguns deixaram as suas opiniões.

“É de realçar que houve muita novidade em termos de denominação o que permite aos fiéis falarem com correcção dos objectos e panos utilizados na missa. Gostei muito e fiquei interessada em continuar a participar e colaborar nos assuntos da nossa Paróquia”. “Acho que é uma iniciativa de extrema importância, porque fiquei a saber de tantos símbolos que não dava qualquer importância, também porque pensava que não era importante. Que actos do género continue sobretudo para as crianças” ( Ângela)

 “Acho muito interessante, muito útil essa formação, entretanto dever ter sido feita mais lentamente, assim poderia ser mais proveitosa. Por isso seria preciso um período de tempo maior. Ou então, que se produzisse fotocópias do documento para que todo o mundo pudesse ler e observar as imagens em casa» ( Felismino.)

 

Missa na TV

Depois de mais de 6 meses transmitindo a Missa da paróquia de Nossa Senhora da Graça. a Eucaristia Dominical volta a ser transmitida a partir deste Domingo, dia 7,  dos Estúdios da RTC. Na origem desta mudança está o envio de feixes que vão possibilitar a normal emissão da RTC- Mindelo. Read the rest of this entry »

O Pe. Jose Constantina Bento uma sessão formativa

Foi encerrada ontem, dia 27 de Dezembro uma acção de formação destinada aos leitores e salmistas da Paróquia de São Filipe Apóstolo, Praia. A formação foi organizada com a finalidade de melhorar a qualidade das leituras nas celebrações e preparação adequada dos leitores e salmistas. Read the rest of this entry »

A Dalmática, veste litúrgica próprio do diácono

A ordenação diaconal que vai acontecer em breve em Cabo Verde é uma oportunidade para  as pessoas conhecerem a vocação do diácono na Igreja Católica, sua identidade e sua missão.

Diácono, em grego, significa «servidor».

Nos textos do NT e dos primeiros séculos já são mencionados os diáconos, entre os pastores da comunidade cristã, colaborando com os bispos e presbíteros. Estes diáconos eram tidos em grande consideração. O livro dos Actos (cf. Act 6) fala da eleição dos primeiros sete, entre eles Santo Estêvão.

Os campos do serviço diaconal, na comunidade cristã:

a) a liturgia, na qual assistem ao presbítero ou ao bispo na proclamação do Evangelho, na distribuição da Eucaristia e na direcção da oração comunitária; podem presidir ao sacramento do Baptismo e assistir e abençoar o Matrimónio;

b) a Palavra, que proclamam e às vezes comentam na homilia, sendo também os coordenadores da catequese e da evangelização;

c) a caridade, cuidando da beneficência e da administração comunitária.

A ordenação dos diáconos tem como características os seguintes elementos: o diálogo sobre o celibato e a oração da Liturgia das Horas, as ladainhas dos Santos, a imposição das mãos por parte do bispo, a oração consacratória, a imposição da estola e da dalmática, a entrega do livro dos Evangelhos e o beijo da Paz, por parte do bispo e dos diáconos presentes.

A parte central da oração consecratória diz assim: «Enviai sobre eles, Senhor, nós Vos pedimos, o Espírito Santo, que os fortaleça com os sete dons da vossa graça, a fim de exercerem com fidelidade o seu ministério» (OBPD 207). A ordenação «configura [os diáconos] com Cristo, que se fez “diácono”, isto é, o servo de todos» (CIC 1570).

A sua veste própria é a túnica, com a estola cruzada do ombro esquerdo, e a dalmática, sobretudo em celebrações mais solenes.

O diaconado é primeiro grau do sacramento da ordem, e homens celibatários o recebem antes da ordenaçao sacerdotal. Entretanto, a Igreja Católica ordena também homens casados idóneos, convenientemente preparados para o exercício do diaconado de forma permanente.

Em Cabo Verde , na Diocese de Mindelo, há 8 homens casados depois da preparaçao teolóica, estão em fase de estágio pastoral nas paróquias para depois virem a ser ordenados. É algo inédito na centenária Igreja Católica em Cabo Verde.

 Estas imagens ajudam a perceber a figura do Diácono na Liturgia.

 

Categories